8

dezembro, 2020

Eugência precisa ter CNPJ?

Eugência precisa ter CNPJ? Antes de falarmos a respeito vamos a alguns fatos.

A internet tem proporcionado oportunidades para muitas pessoas trabalharem a partir de casa.

E isso tanto abrindo o próprio negócio como freelance, como um microempreendedor individual.

Assim, estudos realizados pela Resultados Digitais diz que, aproximadamente, 12% das agências de negócios no Brasil são comandadas por profissionais autônomos.

E aí? Eugencia precisa ou não ter CNPJ?

Temos visto muitas eugências sendo abertas nas áreas de marketing digital, consultoria, turismo, TI (Tecnologia da Informação) e outros trabalhos que podem ser realizados por meio da internet.

Ser uma eugência é diferente de ser apenas um freelancer.

Uma eugência é uma empresa compacta, que tem CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) e emite notas fiscais aos seus clientes.

Isso significa sair do amadorismo!

Então…..

A regularização é fundamental para atrair consumidores, principalmente se você presta serviços para empresas de médio e grande porte.

Isto demonstra profissionalismo e passa mais confiança na contratação.

Além disso, ter um CNPJ lhe oferece muitas vantagens. O processo de registro não é complicado.

Você pode obter o CNPJ na categoria MEI (Microempreendedor Individual) de forma rápida e simplificada pela internet mesmo.

Ou seja, não existe desculpas para não legalizar seu negócio agora!

Quais são as vantagens desse tipo de negócio?

Vamos falar das principais vantagens que você terá ao se tornar uma eugência.

Ter o seu próprio negócio

Quem nunca sonhou em ter a própria empresa, não é verdade?

Bem, a internet facilitou as coisas e, agora, pequenos serviços podem ser oferecidos usando apenas um notebook ou o smartphone.

Ao abrir uma eugência você sentirá realização pessoal e profissional. Isso já é motivo de sobra para se orgulhar como empreendedor.

Além disso, pode deixar uma boa herança para os filhos continuarem o seu trabalho.

Trabalhar onde quiser

A maioria das eugências são negócios baseados na internet. Quer dizer que oferecem produtos e serviços por meios digitais.

E isso dá liberdade para você trabalhar em casa, numa cafeteria, numa biblioteca, no trânsito e até na praia, se assim desejar.

O fato é que você não precisa mais ficar limitado ao escritório para exercer a sua profissão, podendo aliar o trabalho com um melhor aproveitamento da vida.

Não ter mais chefe

É sabido que alguns chefes não possuem o dom da liderança e acabam comandando suas equipes com autoridade extrema e exigindo resultados além da capacidade humana.

Se você tem um chefe assim, provavelmente já deve ter pensado em abandonar o emprego alguma vez, certos?

A questão é que, quando você abre uma eugência, se torna o seu próprio chefe, sendo assim as cobranças passam a ser pessoais.

Como ninguém conhece suas limitações melhor que você mesmo, fica mais fácil combinar prazos confortáveis com os clientes para entregar serviços com maior qualidade.

Ganhos ilimitados

Em muitas empresas, os salários e comissões são limitados e compartilhados com outros colaboradores da equipe.

Por exemplo, um vendedor que tem uma carteira de clientes fechada por região, poderia produzir e ganhar mais dinheiro se atendesse áreas maiores.

Isso não acontece quando você abre uma eugência!

As limitações deixam de existir e você pode atender o número de clientes que conseguir, independentemente da região.

E, consequentemente, obter ganhos que nunca teve antes, melhorando a qualidade de vida pessoal e da família.

Diferente de um freelancer, uma Eugência possui uma estrutura própria e organizada por meio de parcerias. O passo seguinte é sair do amadorismo e transmitir a imagem de profissionalismo.

Estruturando o seu negócio

Podemos dizer, basicamente, que a diferença entre um freelancer e uma Eugência se dá exatamente pela sua estrutura que se assemelha a uma empresa sólida.

Seu negócio em questão deve possuir uma estrutura organizacional com os pilares básicos de qualquer empresa….simples, mas organizada!

  • Finanças;
  • Recursos Humanos;
  • Marketing;
  • Tecnologia.

Agora como organizar tudo isso?

Novamente, a tecnologia está aí para fazer tudo isso de forma prática e simples. Não é por que o trabalho é “solitário” que tudo precisa ser engessado e sem inovação.

Uma Eugência deve ter sempre a visão empreendedora e pensar sempre no cenário futuro do mercado e do negócio.

Com isso, um plano de negócios deve ser pautado e sempre documentado.

Portanto, para tornar sua eugência amadora em uma eugência profissional, é preciso manter-se sempre com foco na evolução constante.

Ninguém começa no topo, mas ficar sempre no mesmo degrau a vida inteira não leva ninguém a lugar nenhum.

A Unclick está aqui para lhe auxiliar na legalização do seu negócio!

Compartilhe

Foto do autor(a)

Nalva Rafael, Autor(a)

Edinalva Rafael é administradora empresarial, mãe do Pedro, apaixonada por livros de romance e redatora de conteúdo na Unclik.

Deixe um comentário